Clareamento Dental

Clareamento Dental

Você já deve ter ouvido falar que o sorriso é o cartão de visita de uma pessoa, essa afirmação é a mais pura verdade! Sorrir é algo que cativa as pessoas, e ter os dentes bonitos, branquinhos e perfeitos são fatores que estimulam a sorrir mais, além de demonstrar que você é cuidadoso com a sua saúde e aparência.

Uma das técnicas mais usadas em nossa clínica é o Clareamento Dental, um tratamento odontológico estético que tem como proposta o branqueamento dos dentes para garantir um sorriso brilhante.

A sua autoestima será renovada e você terá mais segurança para sorrir e interagir com as pessoas ao seu redor, tornando-se uma pessoa mais cativante.

Transmitir confiança é fundamental em qualquer relacionamento, seja pessoal ou profissional, não é mesmo?

Por isso, realizar um tratamento para clarear os dentes, te ajuda a se sentir seguro para sorrir, se comunicar e interagir de forma mais espontânea.

Além disso, o Clareamento Dental sempre deve considerar as características do rosto e tom de pele para que seu sorriso tenha sempre a aparência natural e não transmita artificialidade.

Clareamento Dental: O Segredo Para Um Sorriso Perfeito

Um sorriso bonito é uma das características mais marcantes de uma pessoa. Além de transmitir confiança e simpatia, um sorriso saudável e branco também pode melhorar a autoestima.

Para quem deseja ter um sorriso perfeito, o clareamento dental é uma excelente opção. O procedimento consiste na aplicação de um gel clareador nos dentes, que remove as manchas superficiais e internas, deixando os dentes mais brancos.

Como funciona o clareamento dental?

O clareamento dental é um procedimento odontológico estético que tem como finalidade remover o tom amarelado dos dentes, bem como eventuais manchas que se formaram na superfície dos dentes ao longo dos anos. Ele funciona através da aplicação de um gel clareador nos dentes, que contém peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida, substâncias que liberam oxigênio e quebram as moléculas que causam a alteração de cor dos dentes.

Quais são os tipos de clareamento dental?

Existem diferentes tipos de clareamento dental e conhecê-los pode lhe ajudar a escolher a melhor opção de acordo com seu perfil.

Clareamento caseiro

O clareamento caseiro é o tipo de clareamento dental mais comum, relativamente simples e seguro, que pode ser feito em casa, sob orientação de um dentista. O kit contém moldeiras (personalizadas para o paciente) e gel clareador, que devem ser usados por um período de tempo determinado, geralmente de duas a quatro semanas.

Clareamento a laser

O clareamento a laser é um procedimento mais rápido e eficaz do que o clareamento caseiro. Para fazê-lo, o paciente tem um gel clareador que é aplicado nos dentes, e em seguida, um laser é usado para acelerar o processo de clareamento. O clareamento a laser geralmente é realizado em duas ou três sessões.

Luz ultravioleta

O clareamento com luz ultravioleta é semelhante ao clareamento a laser, mas é menos agressivo para os dentes. Para fazer o clareamento com luz ultravioleta, o paciente recebe um gel clareador que é aplicado nos dentes. Em seguida, um aparelho de luz ultravioleta é usado para acelerar o processo de clareamento. O clareamento com luz ultravioleta geralmente é realizado em duas ou três sessões.

Clareamento interno

A técnica é recomendada para pacientes que passaram por traumas que deixaram a coloração do dente mais escura, assim como para aqueles que passaram por tratamento de canal. O dentista utiliza um gel clareador, que é aplicado na porção coronária do dente e que precisa ser trocado semanalmente até que o resultado seja alcançado, o que pode demorar dois meses.

Cuidados Após o Clareamento

Após o clareamento dental, é importante seguir alguns cuidados para manter os dentes brancos e brilhantes por mais tempo.

  • Evite alimentos e bebidas que possam manchar os dentes, como café, chá, vinho tinto e refrigerantes.

Esses alimentos e bebidas podem causar manchas nos dentes, mesmo após o clareamento. É importante evitar o consumo desses alimentos e bebidas, ou pelo menos escová-los logo após o consumo.

  • Use fio dental e escove os dentes regularmente.

A escovação e o uso do fio dental são essenciais para manter a saúde bucal e prevenir o acúmulo de placa bacteriana. A placa bacteriana também pode causar manchas nos dentes, por isso é importante escovar os dentes pelo menos duas vezes ao dia e usar fio dental pelo menos uma vez ao dia.

  • Faça visitas regulares ao dentista para limpezas profissionais.

As limpezas profissionais são importantes para remover a placa bacteriana e o tártaro que se acumulam ao longo do tempo. O tártaro também pode causar manchas nos dentes, por isso é importante fazer limpezas profissionais regularmente.

 

Além desses cuidados, é importante seguir as orientações do dentista para garantir o sucesso do clareamento dental.

Quais as contraindicações para realizar o clareamento dental?

As contraindicações para realizar o clareamento dental são:

 

  • Crianças e adolescentes: o clareamento dental só deve ser realizado em adultos, pois os dentes das crianças ainda estão em desenvolvimento/

  • Gestantes e lactantes: o clareamento dental não é recomendado para gestantes e lactantes, pois os efeitos do gel clareador nos fetos e bebês ainda não são conhecidos;

  • Pessoas com sensibilidade nos dentes: o clareamento dental pode causar sensibilidade nos dentes, que pode ser pior em pessoas com sensibilidade já existente;

  • Pessoas com problemas periodontais: o clareamento dental pode piorar os problemas periodontais, como gengivite e periodontite;

  • Pessoas com restaurações extensas: o clareamento dental não é eficaz em dentes com restaurações extensas, pois as restaurações não respondem ao tratamento;

  • Pessoas com alergia a peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida: o gel clareador contém peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida, substâncias que podem causar alergia.

 

O clareamento dental é um procedimento eficaz que pode ajudar a melhorar a estética do sorriso. No entanto, é importante ressaltar que ele não é um tratamento para problemas dentários, como cáries ou gengivite. É importante consultar um dentista para avaliar se esse tratamento é indicado para você e para receber orientação sobre como realizar o procedimento de forma segura e eficaz.

Vamos restaurar muito mais do que a estética

Vamos inovar sua estima

Agende um horário para saber mais sobre como podemos te ajudar.

plugins premium WordPress